A vida é assim...

Puxa vida! Parece que foi ontem que eu deixei a minha casa!

Larguei tudo, “meu”... Queria mesmo era curtir altas baladas, conhecer  super gatas, beber, endoidar, ser dono do meu próprio nariz, “ta ligado?”

Mano, foi isso que fiz! Loucura, loucura, loucura! “Peguei todas”,” bebi todas”  e “cheirei todas”...

No primeiro dia da minha liberdade, arrumei uma “baita” de uma “galera”...

 

Meu, tô   bem na foto! A “ turma” me ama de paixão! Paguei 5 rodadas para todos os meus novos amigos, como forma de comemorar a minha liberdade.

 

 

UM MÊS DEPOIS...

 

Nossa Meu!  Parece que estou vivendo um sonho! Faz um mês que estou na “farra”!

Conheci tanta coisa nova, “cara”! Conheci  “ um Bagulho” que é melhor  do que cachaça... conheci o “pó mágico”....mano.. é coisa linda! Tu fica doidão, meu “chapa”..

.

6 MESES DEPOIS...

 

Mano, hoje eu “tô irado”... aqueles meu  amigos não ligam , não me chamam para as baladas, parece que todo mundo morreu... caramba! Se eu tivesse pelo  menos um carro para fazer “um corre”, iria na casa de cada um, juntava toda a galera e ia “pro abraço”...

Mas tive que  vender o ‘carango”... affê...

Tem problema não! Dou uns  “pega” nesse “baseado”(maconha) e relaxo...

 

1 ANO DEPOIS...

 

Mano, vou ter que sair do “Apê”... esse aluguel tá caro meu! Sabe como é a vida de “lok”,  ou paga  aluguel ou cheira, prefiro cheirar.... não me preocupo com lugar... aliás, um “sangue bom” me disse que mora num galpão  abandonado e que tem um espaço pra mim... é lucro mano!

 

1 ANO E MEIO DEPOIS....

 

Cara! essa vida de puxar carrinho e dureza! Meu... trabalhei o dia inteiro e só consegui 5 reais com aqueles  jornais e papelões... Cara, que fome meu...

Olhando ele para aquela vitrine do restaurante, onde pessoas bem vestidas se fartavam de comer, ele lembrou....

“Puxa vida!Parece que foi ontem que sai de casa... da casa do meu Pai!

Caramba! Caiu a ficha! O que tô fazendo aqui?

Olha para mim.. todo arrebentado, rasgado, sujo... Vivendo praticamente de esmolas.. Morrendo de fome... Parecendo um cachorro frente a vitrine de um açougue...

Vou  voltar a casa do meu Pai! Vou conversar com ele e dizer-lhe que  não sou digno de ser  seu filho... Vou pedir-lhe para ser apenas um dos seus funcionários, porque  pelo menos,os seus funcionários não passam fome nem frio...

Vou tentar falar com ele... e se ele não me ouvir, paciência... ele estará com toda a razão...

Caramba... Nossa “mano”! Chegar todo sujo , parecendo um mendigo, sem uma moeda no bolso... Meu, que vergonha!

Pior   do que  está ,com certeza não fica! Fui....

Alguns dias depois, nestes finais de tarde qualquer,  O pai, da sua sacada,   avista no final da  rua, um menino.

Porém  alguma coisa lhe chamava atenção... parecia que  ele o conhecia.

A Medida que o menino ia subindo, mais intrigado ficava... de repente viu que  verdadeiramente o conhecia. Era o seu filho!!!

Correu o mais rápido que pode, deu-lhe um forte abraço acompanhado de um beijo amoroso envolvido por lágrimas de felicidade.

E o filho, envergonhado disse-lhe:

 

Pai, não sou digno de ser chamado  teu filho....

O pai , cheio de alegria, disse aos seus funcionários:

 

Vão até melhor loja, compre as melhores roupas para o meu filho... Contratem o melhor Buffet da região, e vamos festejar, porque meu filho estava perdido e agora ele voltou!

 

 

Assim é Deus  para com você! Ele está de braços abertos  te esperando!

Basta você tomar uma atitude, uma simples atitude. Aceitá-lo como seu suficiente salvador.

A Onde Ele está?

 

Está em uma igreja evangélica que ensina a palavra de Deus!

 

Quer ser feliz ?

 

Então não perca tempo, VEM!!!

 

       

Texto baseado em Lucas  15:11 a 32

 

 

 

 

                                                    Um ótimo fim de semana a todos!

 

 

           Envie esta mensagem às pessoas que não conhecem  a salvação!

                  Divulgue este Blog:     http://ascolheitas.blogspot.com/